Proteja o ambiente: 5 dicas para reduzir o plástico!

reduzir plástico reciclar

Sabia que, atualmente, são utilizados à escala global entre 1 a 5 mil biliões de sacos de plástico por ano? É verdade, os sacos de plástico podem ser os nossos melhores amigos quando o objetivo é a praticidade, mas o cenário altera-se quando percebemos que constituem uma das maiores ameaças à sustentabilidade do nosso planeta

Não há dúvidas de que o plástico veio melhorar a nossa qualidade de vida em muitos aspetos. Afinal, é um material barato, leve e flexível. Contudo, o seu consumo excessivo colocou-nos perante um grave problema de poluição e desperdício… Todos os anos, morrem milhões de animais devido à poluição causada pelos plásticos. Só nos oceanos, são depositadas, por ano, 8 milhões de toneladas deste material! A acrescentar a esta grave ameaça à biodiversidade, estima-se que apenas 9% de todo o plástico produzido até hoje tenha sido reciclado.

A boa notícia? Nos últimos anos, tem existido um esforço crescente por parte dos governos e das organizações internacionais para legislar sobre a produção e consumo de plásticos de utilização única. Em Portugal, por exemplo, foi aprovada uma lei que proíbe aos retalhistas a distribuição dos sacos de plástico habitualmente utilizados para fruta, legumes, pão e acondicionamento de tantos outros alimentos, até 2023. No entanto, a verdade é que, por muita legislação que seja aprovada, os comportamentos a nível individual são extremamente importantes! Assim, no Dia Internacional Sem Sacos de Plástico, trazemos-lhe algumas dicas para uma utilização mais consciente deste material!

  1. Sacos de plástico? Encontre alternativas!
    Sempre que vamos ao supermercado, trazemos para casa uma quantidade enorme de plásticos que facilmente poderíamos diminuir se optássemos por levar connosco pequenos sacos de pano, ráfia ou de plástico resistente. Existem imensas alternativas de sacos ecológicos no mercado. A parte mais difícil é ganhar este novo hábito! Sabemos que nem sempre a ida ao supermercado é planeada, por isso, porque não manter um destes sacos reutilizáveis no carro ou na mochila? Assim, está sempre prevenido! Experimente!
  2. Palhinhas? Nunca mais!
    Palhinhas, pequenos objetos que parecem tão insignificantes, mas cujo impacto ambiental é enorme! Precisa mesmo de beber o seu sumo por um tubo de plástico? Até podemos admitir que as nossas bebidas ganham outro charme, mas a verdade é que, com um pouco de criatividade, existe potencial para resolver este desperdício de forma extremamente elegante! Hoje em dia, podemos encontrar palhinhas feitas de bambu e de vidro em quase todo o lado!
  3. Opte por comprar a granel!
    Já reparou na quantidade de plástico que adquire, por exemplo, só com cereais de pequeno almoço ou especiarias? Sabemos que nem sempre é fácil, mas quando for possível, opte por comprar a granel. Não só comprará em maior quantidade, como os próprios produtos têm uma validade mais longa!
  4. O segredo está nos detalhes!
    Muitas vezes, são as atividades mais simples do nosso dia a dia que geram mais desperdício. Não consegue encontrar um exemplo? Nós ajudamos! O ato de comer um gelado pode parecer inofensivo, mas a escolha entre cone e copo acata mais responsabilidade do que parece. Prefira sempre o cone e aplique esta linha de pensamento crítico às pequenas ações quotidianas!
  5. Recicle e reutilize os plásticos!
    Bom, mesmo seguindo todas estas dicas, sabemos que nem sempre é fácil não adquirir produtos de plástico, mas a verdade é que muitos recipientes deste material podem ser utilizados mais do que uma vez, por exemplo, para guardar alimentos no frigorifico. Quando, de facto, já não for possível reutilizar o plástico, certifique-se de que o recicla da maneira correta e de que o seu substituto é constituído por um material mais amigo do ambiente!

Pronto para começar a mudar o mundo?

Partilhe este artigo:

We connect,
you win