Work-Life Balance: Como alcançar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional?

Work-Life Balance

Encontrar um equilíbrio entre a vida pessoal e profissional pode ser desafiante. Muitas vezes, o nosso desejo de sermos bem-sucedidos a nível profissional faz com que o trabalho interfira demasiado na nossa vida pessoal.

E as tecnologias vieram tornar ainda mais difícil esta separação entre vida pessoal e trabalho. Agora podemos consultar o email profissional no telemóvel a qualquer hora, receber chamadas ou mesmo levar o computador durante as férias.

No entanto, criar uma harmonia entre profissão e vida pessoal é fundamental para o nosso bem-estar físico, psicológico e mental.

Está a relacionar-se com o que está a ler? Então é provável que também esteja em busca desse equilíbrio. Venha, então, descobrir connosco o que é o work-life balance e algumas dicas para promovê-lo na sua vida.

O que é work-life balance?

Quando se fala de work-life balance, é comum acharmos que ele consiste em separar de forma clara o tempo gasto no trabalho do tempo guardado para a nossa vida pessoal. Segundo essa lógica, só teríamos de garantir que trabalhávamos 8 horas por dia e que, no tempo restante, desligávamos o botão e não pensávamos mais em trabalho.

Porém, o problema não está tanto na quantidade de tempo que dedicamos ao trabalho vs. à vida pessoal. A dificuldade está em sentirmo-nos confortáveis, satisfeitos e realizados nesta coexistência constante entre lado profissional e lado pessoal.

O work-life balance não está só relacionado com a redução do stress ligado ao trabalho. Prende-se antes com uma forma de trabalhar e de viver que contribua para o nosso bem-estar, para a nossa saúde física e mental.

É por isso que as dicas que temos para si para encontrar esse equilíbrio não têm apenas a ver com trabalho, mas também com aquilo que faz fora dele.

Dicas para alcançar o work-life balance

Encontrar esta harmonia pode ser mais fácil para umas pessoas do que para outras. E também não existe uma fórmula mágica que funcione para toda a gente. No entanto, estas são algumas dicas que podem ajudá-lo:

  • Procure entender como trabalha melhor: ninguém trabalha de maneira igual e é importante que saiba exatamente como trabalha melhor e como se sente mais produtivo. Se precisa de estar sozinho e sem distrações, se gosta de ouvir música durante o trabalho ou se fica mais focado depois de ter ido ao ginásio ou ter ido correr.
  • Defina alturas específicas para determinadas tarefas: na sequência do ponto anterior, se sabe que costuma estar mais focado de manhã, reserve tarefas que exijam maior concentração para essa altura, por exemplo. Também pode definir períodos específicos do dia para responder a emails ou para fazer tarefas recorrentes.
  • Estabeleça horários: isto pode ser particularmente difícil se estiver a trabalhar em casa, onde o lado profissional e pessoal se misturam ainda mais. Ainda assim, tente ter horários definidos para fazer pausas, para almoçar e, sobretudo, para terminar o seu trabalho.
  • Relaxe e distraia-se com os seus colegas de trabalho: vá almoçar ou jantar com os seus colegas (mesmo que estejam em teletrabalho) ou combinem outros programas fora do local de trabalho. Esta mudança de ambiente, e a abertura para falarem de outros temas que não estejam relacionados com trabalho, pode ser muito positiva.
  • Tire tempo para si: tire férias, faça fins de semana prolongados, e aproveite esse tempo para desligar completamente do trabalho e para fazer coisas que contribuam para a sua felicidade e bem-estar (passar mais tempo de qualidade com a família, viajar, ir à praia, ler mais, dormir, etc). Esta pausa irá permitir-lhe recuperar energias para depois voltar ao trabalho com mais motivação.
  • Encontre algum hobby que lhe dê prazer: se existir alguma atividade que tenha muita vontade de fazer fora do trabalho, isso fará com que seja mais fácil desligar-se da rotina profissional. E neste caso as possibilidades são imensas: fazer jardinagem, jogar ténis, ir ao ginásio, fazer ioga, dançar, pintar, fazer teatro, fazer surf, fazer voluntariado… algo que goste realmente de fazer e que o faça sentir-se bem.

 

Acima de tudo, ponha a sua saúde e bem-estar em primeiro lugar. Caso o seu trabalho esteja a provocar-lhe demasiado stress ou ansiedade, deve considerar consultar um profissional de saúde. Ele poderá ajudá-lo a identificar quais as mudanças que poderão ter um impacto positivo na sua vida e por onde começar.

Partilhe este artigo:

We connect,
you win