5 Benefícios que todas as empresas deviam atribuir aos colaboradores

Benefícios Extrassalariais, benefícios sociais

Benefícios para colaboradores

Gerir um negócio não significa (ou não deve significar) apenas ir ao encontro das necessidades e expetativas dos clientes. Também é preciso ter em mente os colaboradores.

Tal como os clientes, os colaboradores também precisam de estar envolvidos e satisfeitos com a sua empresa. Essa satisfação e motivação têm um enorme impacto no contributo que estes dão e nos resultados que produzem.

É por isso que garantir uma boa experiência aos colaboradores também deve estar no topo das prioridades das organizações. E grande parte dessa boa experiência advém dos benefícios que são atribuídos além do salário.

Os benefícios extrassalariais permitem aumentar a dedicação dos colaboradores e a sua fidelização à sua empresa, reduzindo assim o absentismo e a rotatividade.

Embora haja uma grande diversidade de benefícios que podem ser atribuídos – e que devem ser escolhidos de acordo com as necessidades reais e interesses dos trabalhadores -, existem alguns que todas as empresas deviam considerar.

Quer saber quais? Venha descobri-los connosco.

1 – Seguro de saúde

Promover a saúde e o bem-estar dos seus colaboradores deve ser uma prioridade. E isso pode passar por garantir que eles têm um acesso mais facilitado aos cuidados de saúde dos quais possam precisar.

Ter um seguro de saúde é um elemento que muitos trabalhadores valorizam. Por isso, este é um dos benefícios complementares ao salário mais reconhecidos.

Disponibilizar um seguro de saúde representa um fator de diferenciação no momento de contratar novos talentos e contribui ainda para a redução do absentismo e para a retenção dos colaboradores.

2 – Flexibilidade de horários

Este é outro benefício que os colaboradores valorizam bastante. E, muito importante, não tem quaisquer custos para si.

Toda a gente tem uma vida fora do trabalho, com compromissos e imprevistos que por vezes podem interferir com o horário de trabalho. Se o trabalho assim o permitir, dê liberdade e autonomia aos colaboradores para gerirem o seu horário em função dessas responsabilidades.

Além disso, a produtividade pode aumentar quando os trabalhadores têm um horário mais flexível, ao invés das tradicionais 9h-18h.

3 – Bónus com base na performance

Quando os colaboradores atingem as expetativas e alcançam determinados objetivos, eles devem ser recompensados.

Os bónus ou prémios de produtividade podem ser mensais, trimestrais ou anuais. E são uma boa estratégia para motivar os trabalhadores e para aumentar a sua produtividade.

O modelo de atribuição dos bónus deve ser claro, de forma a que cada colaborador saiba os resultados que precisa de atingir para recebê-los.

4 – Benefícios de apoio à educação/formação

Investir na formação dos seus colaboradores é uma excelente forma de demonstrar que se preocupa com o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Isso pode ser feito através da disponibilização de formações específicas (relacionadas com a função que desempenham, por exemplo) ou então através da atribuição de vales sociais de apoio à educação. Esses vales podem depois ser utilizados para suportar despesas com licenciaturas, mestrados, pós-graduações, cursos de línguas ou quaisquer outras formações complementares que os colaboradores tenham interesse em frequentar.

Alguns destes benefícios, como é o caso do Euroticket Estudante, podem ser alargados aos filhos dos colaboradores, servindo para pagar escolas, ATLs, material escolar e informático e muito mais.

5 – Benefícios de apoio à infância

Os encargos com creches, berçários, jardins de infância e similares podem representar uma grande fatia do orçamento familiar. Por isso, atribuir benefícios de apoio à infância pode ser uma boa forma de melhorar a sua proposta de valor em relação aos seus colaboradores.

Existem exemplos de empresas de grande dimensão que disponibilizam creches nas próprias instalações. Em alternativa, existem vales sociais destinados ao pagamento destas despesas de primeira infância. É o caso do Euroticket Creche, que os colaboradores podem usar para suportar despesas de filhos até aos 6 anos.

Estes benefícios permitem aos trabalhadores manter um equilíbrio entre vida pessoal e profissional, contribuindo também para a sua satisfação e motivação.

 

A sua empresa ainda não atribui nenhum destes benefícios? Acha que seriam uma mais-valia para promover a motivação e o envolvimento dos colaboradores? Conte-nos tudo.

Partilhe este artigo:

We connect,
you win